Certo preto-velho um dia afirmou que “na fumaça está o segredo dos trabalhos de Umbanda”. Frase simples, mas com grande sabedoria pois, uma das aplicações mais comuns das ervas nos rituais umbandistas é a defumação.

 

          O ato de defumar é bastante antigo e também comum em diversos outros segmentos religiosos. Na Grécia Antiga, as Pitonisas do Oráculo de Delfos, mulheres que faziam previsões e alertavam contra perigos, entravam em transe quando em contato com a fumaça de incensos e ervas aromatizantes; no Tibet, os monges queimam incenso perpetuamente, como ferramenta para facilitar o auto-equilíbrio e o desprendimento do Corpo Físico; na Igreja Católica e em religiões indígenas também se faz presente a defumação. 
 

        Tal prática baseia-se em colocar em contato com a brasa ou diretamente com o fogo um ou vários tipos de ervas. Ensina a Umbanda que tal exposição das plantas ao elemento fogo constitui um dos meios de liberar sua essência místico-energética contagiando o ambiente próximo e atuando sobre o campo áurico e vibratório das pessoas presentes; donde se conclui que, para finalidades diferentes devem ser utilizadas ervas diferentes, já que nenhum vegetal possui características viratórias idênticas a outro. Pelo mesmo motivo, deve-se evitar a utilização de defumadores comprados prontos pois, na maioria das vezes, não se conhece verdadeiramente os ingredientes de sua composição, podendo o mesmo vir a acarretar conseqüências adversas daquelas desejadas.

 

 DEFUMAÇÃO

         A defumação pode ser utilizada com diversas finalidades: limpeza do ambiente das cargas negativas, afastamento temporário de eguns, e até mesmo atração de energias positivas como amor, felicidade, força, paz e união. A defumação também é utilizada para a preparação do ambiente onde ocorrerão os trabalhos mediúnicos, livrando-o das energias negativas que porventura estejam presentes ou que tenham sido trazidas por algum médium, consulente ou assistente. Defuma-se o terreiro, o altar, as salas adjacentes, todos os presentes e as guias dos médiuns da casa, num ritual que se repete continuamente, como firmeza para os trabalhos que serão realizados.
 

         Toda defumação, contudo, sem exceção, deve ser precedida de alguns cuidados, para evitar que espíritos negativos interfiram no ambiente e sobre a pessoa que irá defumar, na tentativa de quebrar a concentração da mesma e atrapalhar a corrente necessária para que se complete satisfatoriamente esse ato de magia.
 

        Antes de seu início, o médium defumador deverá firmar o seu Anjo de Guarda e solicitar o amparo de seus Orixás como medida de segurança pois, na maioria das vezes, não se sabe exatamente quais os tipos de espíritos ou energias presentes naquele ambiente. De preferência deverá também tomar um banho de descarrego para que as suas próprias energias, caso estejam um pouco desequilibradas ou carregadas com miasmas de outras cargas negativas, não prejudiquem o trabalho proposto. Durante o ato, propriamente dito, a mentalização deve ser total. Preferencialmente deverá o médium permanecer em constante oração e, se possível, os demais presentes deverão acompanhá-lo mentalmente, mantendo a sintonia das vibrações dos pensamentos a fim de facilitar a limpeza do ambiente. Se for uma defumação visando limpeza energética ou descarrego, deverá ser procedida do cômodo mais interno da casa até a porta da rua; se visar a atração de coisas boas e puras, deverá ter início na porta da rua e se dirigir até o cômodo mais interno.

 

 

            A defumação é um ato de magia e, como todo ato de magia, requer excelente concentração. Na fumaça produzida pelo defumador não estão presentes apenas a energia mística dos vegetais que ali queimam, mas também, parte da energia liberada pelos pensamentos de quem manipula o defumador. Logo, quanto maior a mentalização, melhor o efeito produzido. Alguns ambientes são tão negativos que podem requerer uma defumação especial, sem qualquer possibilidade de falha de concentração. Nesses casos, é possível, inclusive, que a defumação seja realizada por um Guia incorporado, evitando instabilidades na mentalização.

 

            Há casos, contudo, que não se exige tamanha prudência e nem mesmo uma erva em especial. Em situações assim, o que fará efeito será mais a força do pensamento do médium defumador que a energia do vegetal. Nesses casos mais simples, a defumação poderá ser realizada apenas com a fumaça de um cachimbo, charuto ou até mesmo cigarro comum, pois nesse tipo de defumação, a fumaça estará funcionando apenas como veículo da força mental.

           

           Dentre os elementos mais utilizados em defumações, destacam-se os seguintes:
 

Incenso, Benjoim, Alecrim, Alfazema, Arruda, Guiné, Abre-Caminhos, Vence-Demanda, Palha da Costa e Sândalo, etc.
 

            As propriedades dos elementos podem ser apenas espirituais e energéticas ou, também, terapêuticas, como demonstrado na relação a seguir:

 

 

 

Absinto - Combate o nervosismo, favorece e clarividência, a proteção espiritual e o amor. Estimula a criatividade, a imaginação e a sensualidade.

Acácia - Estimula a busca espiritual e evita pesadelos, ocasionando sonos tranqüilos. Favorece as premonições e previsões.

Alecrim - Combate o cansaço mental, depressão, indecisão e apatia, além de purificar o ambiente e elevar a freqüência dos pensamentos.

Alfazema - Purifica o ambiente e eleva o astral. Calmante, ajuda a combater o stress, conferindo tranqüilidade. Afasta larvas astrais, relaxa e traz harmonia.

Almíscar - Estimula o raciocínio e a paciência. Aumenta a sorte, favorece o sucesso e a intuição.

Amêndoas - Combate a insônia e seus males.

Andiroba - Combate a preguiça.

Angélica - Fortalece a compreensão e a paciência. Favorece a proteção espiritual. Estimula a fé e o contato com a espiritualidade.

Anis - Combate vertigens, apreensão e atrai boa sorte.

Arruda - Confere proteção espiritual, aumenta a segurança energética, elimina energias negativas, purifica, além de combater tensão, depressão e medo.

Artemísia - Estimula a concentração, o raciocínio e a clarividência.

Baunilha - Combate depressão e atitudes impulsivas.

Benjoim - Limpa o ambiente de energias negativas e aumenta a criatividade.  Elimina bloqueios espirituais e atrai energias positivas.

Café - Elimina formas-pensamento pesadas e negativas, além de favorecer o crescimento da força interior.

Calandre - Relaxante, combate insônia. Ativa a concentração.

Calêndula - Combate o desânimo e estimula a fé.

Camomila - Calmante, estimula o raciocínio e favorece as finanças.

Canela - Aguça a intuição e o raciocínio. Tranqüiliza o ambiente e favorece as finanças e o amor. Atrai clientes e amor.

Cânfora - Proporciona a limpeza energética do ambiente e estimula a realização profissional e emocional. Combate o egoísmo, a inveja e os tormentos nervosos.

Capim - Proporciona uma sensação de tranqüilidade e frescor. Facilita contatos com elementais inferiores, desenvolve o lado interior e suaviza aflições.

Cedro - Traz vitalidade, fortalece o corpo e a mente. Harmoniza o ambiente e estimula sucesso em negócios. Diminui as sensações de medo.

Cenoura - Limpa a mente estimulando a reflexão.

Cereja - Afrodisíaco.

Cipreste - Ajuda a esquecer más recordações, aumenta a concentração, o raciocínio e o equilíbrio, além de favorecer a prosperidade, fraternidade, reconciliações e fortuna.

Copaíba - Estabiliza emoções fortes.

Cravo - Acalma e estimula a reflexão. Abre caminhos, favorece as finanças, elimina energias negativas e proporciona segurança. Protege de más intenções e pensamentos negativos subconscientes.

Coco - Equilibra emocionalmente, favorecendo a tomada de decisões.

Dama da Noite - Estimula a sensualidade e a afetividade.

Eucalipto - Dá disposição para o desempenho das tarefas diárias. Renova energias e limpa o ambiente.

Erva Cidreira - Combate a timidez e estimula a autoconfiança. Proporciona felicidade e sucesso. Favorece o amor.

Erva Doce - Calmante. Promove harmonia e combate energias de inveja.

Flor de Laranjeira - Quebra o stress causado pela rotina. Estimula harmonia e carinho. Afasta o pânico.

Flor de Pitanga - Fortalece o emocional. Revitalizante energético. Atua positivamente sobre a área financeira.

Flor do Campo - Combate desgosto e apatia. Promove a harmonização com a natureza.

Flor do Nepal - Combate a depressão e estimula a reflexão.

Gardênia - Restaura a paz, protegendo a alma.

Gengibre - Combate cansaço e fadiga.

Gerânio - Combate o cansaço mental e encoraja.

Hortelã - Anula energias negativas, aumenta a compreensão, o poder de decisão, a ordem e a consciência ecológica, além de favorecer o ânimo e a disposição.

Hortelã Pimenta - Estimula a criatividade.

Ipê Roxo - Estimula a concentração.

Jaborandi - Traz bem estar e energias positivas.

Jasmim - Acalma o ambiente, aumenta a resistência física e fortalece a afetividade, a sensibilidade e o amor.

Lavanda - Combate a agitação e a insônia, além de eliminar a depressão. Combate o negativismo e os pensamentos obsessivos.

Lima - Calma e autocontrole.

Limão - Afasta o cansaço e a preguiça.

Lírio - Estimula a criatividade e a presença de espírito. Purifica os pensamentos.

Lótus - Renovação espiritual. Ajuda na clarividência e inibe medo e sentimentos negativos.

Maçã - Dá disposição para o desempenho das tarefas darias.

Maçã Verde - Estimula a autoconfiança e a saúde.

Macela - Energiza positivamente o ambiente.

Manjericão - Favorece a sorte, prosperidade e desenvolvimento espiritual. Fortalece a memória e o raciocínio.

Maracujá - Estabiliza o emocional.

Menta - Controla atitudes impulsivas. Melhora a atenção.

Mirra - Estimula a intuição e o bom senso. Limpa o astral do ambiente e favorece a comunicação com o plano espiritual, embora também possa faverecer ao desânimo e tristeza.

Morango - Estimula a sensualidade e traz sorte.

Narciso - Traz amor e afetividade.

Noz Moscada - Traz alegria ao ambiente e favorece as finanças. Diminui a ansiedade.

Orquídea - Purifica o ambiente de trabalho. Facilita o encontro de soluções práticas.

Palma Rosa - Combate insônia.

Papaia - Energético, traz disposição

Patchouli - Favorece a fertilidade e a sexualidade. Traz abundância.

Pau Rosa - Ajuda a combater mágoas e desânimo.

Pêssego - Aumenta a vitalidade e a sensualidade. Atrai novas amizades.

Pinho - Combate esgotamento físico e mental. Atrai proteção.

Rosa Branca - Protege contra energias negativas, limpa o ambiente e acalma as pessoas presentes.

Rosas - Aproxima e reconcilia.

Sálvia - Equilíbrio entre mente e corpo.

Sândalo - Estimula a meditação e auxilia no despertar da intuição e clarividência. Induz à viagem astral e à humildade.

Tangerina - Fortalece a memorização. Estimulante e antidepressivo.

Tomilho - Restaura o equilíbrio emocional.

Uva - Afrodisíaco.

Verbena - Estimula o bom humor e ajuda a superar mágoas e melancolia.

Violeta - Estimula a sensibilidade, a confraternização e a compreensão. Espanta energias negativas.

Zimbro - Transcendência e renovação.

 

A CENTELHA DIVINA, por ser uma Missão Umbandista e por ter como referência a prática da caridade, do amor e do respeito ao próximo, seguindo as sagradas Leis de Umbanda, não exerce cobrança financeira de qualquer tipo, por qualquer atendimento ou trabalho realizado, bem com não realiza o sacrifício de qualquer animal, nem utiliza qualquer coisa de origem animal em seus rituais.