• Tata Luis

A SINTONIA: AH, A NECESSÁRIA SINTONIA...


Quando alguém entra para o terreiro, deseja aprender, desenvolver sua mediunidade e também, por que não dizer, receber determinados auxílios dos seus Guias e protetores. Já está mais do que explicado que nenhum Guia o fará ganhar na loteria ou obter vantagens que sejam incompatíveis com o seu próprio merecimento, mas você poderá ser ajudado a manter-se energeticamente equilibrado, a aprimorar sua intuição e a encontrar mais facilmente respostas às suas questões existenciais. Para que isso ocorra, é essencial que os seus Guias consigam se aproximar de você; e, para que isso aconteça, duas coisas são necessárias: a primeira é a sua ASSIDUIDADE aos trabalhos mediúnicos, e a segunda é a sua SINTONIA com os seus Guias durante a realização desses trabalhos. Repito: ASSIDUIDADE e SINTONIA!

Não vamos nos deter sobre a questão da assiduidade, entendendo que este é um ponto já bastante compreendido; mas vamos falar especificamente sobre a sintonia.

Estar sintonizado com as vibrações do seu Guia significa “cuidar do seu CAMPO VIBRATÓRIO para que ele vibre de forma semelhante ao do seu Guia” - ou em frequências próximas, pelo menos – para que possa haver uma boa interação entre você e ele. Só que isso não é uma tarefa fácil. O seu campo vibratório é o resultado (ou a soma) das vibrações emitidas pelos seus pensamentos e sentimentos. O campo vibratório do seu Guia também é o resultado das vibrações emitidas pelos pensamentos e sentimentos dele. Sabendo disso, responda sinceramente, qual a probabilidade de o seu campo vibratório ser idêntico ao do seu Guia? Será que sua forma de pensar e sentir é semelhante à dele? É claro que não! Se fosse semelhante, você seria espírito em alto grau de evolução, e seria “Guia” ao invés de “guiado”. Mas, calma! Não se desespere! Não é só com você! O campo vibratório de ninguém é igual ao dos seus Guias...

Bom, se seu campo vibratório é tão diferente do campo vibratório do seu Guia, como conseguir a tal da sintonia? Bem, para começar, seus Guias são tão bondosos, que fazem um grande esforço para ABAIXAR a frequência dos seus próprios campos vibratórios, para facilitar a sintonização. Mas, para que ela aconteça, ainda assim, é necessário que você ELEVE a frequência do seu campo vibratório, até um ponto em que alcance a do seu Guia.

Como o seu Guia abaixa a frequência do campo vibratório dele, não precisamos saber. Isso é com ele! Mas e você? Como pode elevar a sua frequência para poder fazer a sintonia e ser ajudado pelos seus Guias em tudo o que for possível?

Bom, existem ferramentas ao seu alcance, e que todo médium deve exercitar, para conseguir elevar sua frequência vibratória ou, em linguagem popular, vibrar mais positivamente. Algumas delas são mesmo OBRIGATÓRIAS dentro das 24 horas que antecedem o trabalho mediúnico, pois elas irão interferir diretamente sobre a qualidade e a intensidade da sua incorporação. Outras são recomendadas no dia-a-dia do médium. Vejamos:

1) O seu campo vibratório vibra positivamente quando você evita bebidas alcoólicas pelo menos 24 horas antes do trabalho mediúnico. O consumo de bebidas altera o metabolismo, o psiquismo e o humor, podendo também atrair vampiros e sanguessugas astrais, de baixo padrão vibratório. Pessoas que bebem nesse período tem maiores dificuldades em estabelecer sintonia e boa incorporação com seus Guias nas sessões.

2) O seu campo vibratório vibra positivamente quando você se abstém de relações sexuais nas 24 horas anteriores ao trabalho mediúnico. O sexo mexe profundamente com o fluxo energético da pessoa, fazendo-a dispender certa dose de energia vital (que é importante para a incorporação), além de sintonizar seu campo vibratório com o do parceiro (cujo campo vibratório poderá estar mais positivo OU NÃO que o seu), promovendo trocas energéticas profundas entre ambos. Devido a essas trocas e movimentações energéticas, o seu campo vibratório poderá precisar de horas para se estabilizar ou para se positivar outra vez, no caso de o campo vibratório do parceiro ser mais negativo que o seu. Pessoas que tem relações sexuais nesse período, portanto, podem ter dificuldades em estabelecer sintonia com seus Guias e obter boas incorporações nas sessões, devido à instabilidade ou negatividade temporária do seu campo vibratório.

3) O seu campo vibratório vibra positivamente quando, antes da sessão, você toma banho de descarrego, para desagregar sujeiras astrais aderidas ao mesmo. Pessoas que não tomam banho de descarrego antes do trabalho mediúnico tem mais dificuldades em se sintonizar com os Guias e obter boas incorporações nas sessões.

4) O seu campo vibratório vibra positivamente quando, durante o trabalho mediúnico, você age por amor, por querer estar ali, naquele momento, fazendo exatamente aquilo! Pessoas que comparecem ao terreiro por obrigação tem maiores dificuldades em estabelecer sintonia com seus Guias nas sessões.

5) O seu campo vibratório vibra positivamente quando você tem por hábito acender vela para o seu Anjo da Guarda, ligando-se mentalmente a vibrações puras e divinas.

6) O seu campo vibratório vibra positivamente quando você cultiva em sua vida comportamentos que fazem bem a si e aos outros, que não atraem para você a companhia de maus espíritos (eguns) e que não mexem negativamente com suas energias. Por isso, conseguem melhor sintonia com seus Guias as pessoas que:

- Dormem e se alimentam bem;

- Evitam o álcool em qualquer momento (na véspera ou não, dos trabalhos mediúnicos);

- Não usam drogas (mesmo as lícitas);

- Que oram ou conversam com seus Guias todos os dias;

- Que procuram se autoanalisar e se melhorar todos os dias;

- Que evitam más companhias (a não ser quando for para auxiliá-las);

- Que evitam irritações e brigas;

- Que não frequentam locais normalmente frequentados por eguns atrasados (bares, botequins);

- Que procuram fazer do seu lar um ambiente feliz, de paz e sadio espiritualmente;

- Que se cuidam espiritualmente quando necessitam ir a cemitérios, hospitais, etc.

Quando o médium não segue as regras necessárias, principalmente aquelas prescritas para as 24 horas antes do trabalho mediúnico, ele poderá acumular cargas astrais que abaixam sua frequência e prejudicam a si e aos demais irmãos de terreiro durante a sessão espiritual. Acontece assim: com o seu campo vibratório negativo, o seu esforço e o do seu Guia para fazer a necessária sintonia serão maiores e, provavelmente, mais difíceis. Por isso, é possível que o médium saia da sessão com dor de cabeça ou mal-estar. Da próxima vez que você sair da sessão com esses sintomas, verifique suas condutas anteriores!

Algumas vezes, com o seu campo tão NEGATIVO, haverá a tendência natural de absorver as vibrações POSITIVAS de seus irmãos de terreiro mais próximos a si durante a concentração, buscando o equilíbrio. Nesse caso, quem poderá não se sentir bem serão os outros médiuns da casa. Ou seja, o não cumprimento dos preceitos preparatórios para uma sessão mediúnica interferem negativamente não apenas sobre o médium sem juízo, mas também sobre os outros e sobre o andamento da própria sessão, dando mais trabalho aos Guias do terreiro para manterem a fluidez e o equilíbrio necessários aos trabalhos.

Além das recomendações citadas anteriormente, muitas outras ainda poderiam ser descritas como facilitadoras da elevação da frequência do nosso campo vibratório. Mas não é preciso descrevê-las. Basta usar o bom-senso e lembrar de tudo o que possa causar qualquer tipo de alteração negativa nas nossas vibrações. E, aliás, somente com o que já descrevemos, já temos material suficiente para uma boa reflexão.

Em suma, é comum, por exemplo, ouvirmos médiuns reclamarem que seus Guias não o estão ajudando nisso ou naquilo, ou questionarem sobre o porquê tem tanta dificuldade em sentir os Guias e recebê-los... Mas pergunte ao médium se ele cumpre com os dois requisitos básicos para obter o auxílio ou para incorporar bem, que são a ASSIDUIDADE e a SINTONIA! Pergunte se ele realiza todos os preceitos preparatórios nas 24 horas que antecedem o trabalho mediúnico (abstenção de bebidas e de sexo, utilização de banhos, etc)! Verifique os hábitos nocivos que ele mantém em sua rotina, e dos quais não faz a menor questão de se libertar, como o de frequentar botequins, de andar em ambientes pesados, de viver reclamando da vida e de todos, de “curtir” irritação, cultivar mau humor, etc. Médiuns assim, na maioria das vezes, não querem ajuda; querem MILAGRE em sua vida, uma solução que independa de suas atitudes e que lhes permita manter os mesmos hábitos de antes, ainda que lhes façam mal!

E você, tem cumprido as recomendações citadas acima? Se você não tem cumprido, não se engane: você está dificultando o seu progresso mediúnico e, fatalmente, não conseguirá ser ajudado como gostaria! E não adianta “fazer cara de santo” e “burlar as regras” escondido! Pode ser que outros nunca venham a saber o que você fez ou o que você costuma fazer! Mas o seu campo vibratório sabe, porque ele é o produto do que você pensa e sente! E é ele, pela sua negatividade ou positividade que vai permitir ou não uma boa sintonia com os seus Guias! E, nesse caso, não havendo a necessária sintonia, não adianta reclamar! A escolha foi SUA! E você tem toda a liberdade para fazer o que quiser da sua vida, mas terá a obrigação de colher depois o que plantou!

Amplexos,

Tata Luis

#Sintonia #Sintoniamental #Vibrações #banhosdedescarrego #sexoantesdasessão #bebidasalcoólicas

341 visualizações

A CENTELHA DIVINA, por ser uma Missão Umbandista e por ter como referência a prática da caridade, do amor e do respeito ao próximo, seguindo as sagradas Leis de Umbanda, não exerce cobrança financeira de qualquer tipo, por qualquer atendimento ou trabalho realizado, bem com não realiza o sacrifício de qualquer animal, nem utiliza qualquer coisa de origem animal em seus rituais.