• Tata Luis

ESPÍRITOS PERTURBADORES (?)


De vez em quando, eu escuto relatos de pessoas dizendo que, em dado momento, inesperadamente, incorporaram um espírito perturbador, e que, uma vez incorporado, o tal espírito começou a xingar a própria pessoa e a dizer que a persegue, que vai matá-la e que vai “fazer e acontecer”! Cena de terror! Se isso já aconteceu com você, ou se você conhece alguém que já tenha recebido um espírito desses, preste atenção no que vai ler. Afinal, nem tudo é o que parece!

PONTO 1: Se você fosse um criminoso e quisesse prejudicar alguém, você avisaria essa pessoa e contaria todo o seu plano a ela? 😊 😊😊

PONTO 2: Se você fosse um espírito perturbador e quisesse muito prejudicar alguém, você iria preferir que essa pessoa morresse, acabando com todo o seu sofrimento na matéria e, ainda, passando a poder te encarar frente a frente? Ou iria preferir que ela continuasse viva, para que vc a prejudicasse pelos bastidores, sem que ela pudesse vê-lo e se defender? 😊😊😊

Se você compreendeu bem as perguntas acima, você já deve estar chegando a algumas conclusões semelhantes às que exponho a seguir:

CONCLUSÃO 1: NÃO HÁ espírito perturbador que realmente queira prejudicar alguém e que venha anunciar o que pretende fazer, entregando seus planos de bandeja, contando tudo o que quer fazer e dando, assim, a chance de a pessoa reagir e buscar ajuda espiritual. A não ser que seja um espírito MUITO BURRO! Sendo esse o caso, não precisa nem ter medo; ele nem sabe como agir. 😊😊😊

CONCLUSÃO 2: NÃO HÁ espírito perturbador que queira que sua vítima morra! O normal é que ele queira que ela sofra, que definhe, que sinta dor, que perca tudo, que fique sozinha, mas que NÃO desencarne. Ele sabe que se ela morrer, além de acabar com o seu sofrimento na matéria, ela vai ter muito mais condições de enfrentá-lo cara a cara, enquanto que, se ela continua encarnada, sem conseguir vê-lo, a probabilidade de ele conseguir lhe causar mais prejuízos e dor sem ser percebido é muito maior (eu, pelo menos, se fosse um perturbador inteligente, agiria assim 😊😊😊)!

Dessa forma, quando alguém recebe um espírito falando esse tipo de coisa, só há duas opções: Ou é um ESPÍRITO BRINCALHÃO e que quer somente assustar, e está se divertindo com aquela palhaçada toda, ou então é PURO ANIMISMO do médium, que está insatisfeito com a sua própria vida ou com alguma situação e extravasa animicamente, atribuindo a culpa de tudo por que passa a um espírito fictício.

Sendo um espírito brincalhão, ele só faz isso porque a pessoa é FÁCIL, é impressionável, e ele se diverte enquanto diz que vai matá-la e que vai “fazer e acontecer”. E, se não for o caso de um espírito brincalhão, essas pessoas que “recebem” a tal coisa devem então entender que NÃO HÁ espírito nenhum ali, já que nenhum obsessor que se preza alertaria a sua própria vítima e nem desejaria que ela morresse, por razões óbvias, já citadas acima.

Ué, mas as pessoas não podem acabar desencarnando por conta de um assédio espiritual? É claro que podem! Mas isso acontece como consequência da doença, da depressão ou do problema causado pelo espírito obsessor, e não como objetivo principal daquele espírito. Tem diferença! E muita!

Pessoas, portanto que, de vez em quando saem por aí “recebendo” seus próprios inimigos espirituais ameaçando-as de morte, devem perceber que essa “manifestação espiritual” é, na maior parte das vezes, somente fruto de sua mente confusa, apreensiva e infeliz, e devem fazer força para tentar resolver seus problemas, encarar as questões de frente, tomar decisões (às vezes difíceis) e assumir as rédeas das situações de sua vida, ao invés de atribuir a fonte de seu insucesso a atuação de um fictício espírito obsessor, de modo semelhante ao que acontece em outras religiões, onde as pessoas em iguais condições emocionais são “possuídas pelo diabo”, e este faz exatamente o que descrevemos mais acima. 😊

Espíritos obsessores, É ÓBVIO que existem! Ninguém disse o contrário! Mas eles não são burros! Não alertam suas vítimas e sabem muito bem como agir. Na maioria das vezes, inclusive, quando alguém realmente sofre um processo de assédio espiritual, é preciso passar por várias sessões de passes e de desobsessão até que se chegue ao tal obsessor para se possa iniciar qualquer diálogo com ele. E aí, vem alguém, que está vivenciando situações psicológicas aflitivas, que não está bem consigo mesmo e, sem ter passado por nada disso, “recebe” o obsessor assim, em qualquer lugar, fazendo e falando, na verdade, o que seu próprio inconsciente gostaria de fazer e falar.

Nesses casos, se a cena digna de “Poltergeist”, “Halloween” ou “A Profecia” não tiver sido protagonizada por um espírito brincalhão se divertindo com o medo e com a ignorância alheia, terá tido então, como ator principal, a própria pessoa que “recebeu” o tal do espírito ou o “coisa ruim”. Terá sido tudo fruto de sua mente! Puro animismo! Nada além disso! Terapia pode ajudar.

Amplexos,

Tata Luis

#Perturbador #Espírito #Egum #Egun #Possessão #Possuído #Diabo #obsessor #obsessão

270 visualizações

A CENTELHA DIVINA, por ser uma Missão Umbandista e por ter como referência a prática da caridade, do amor e do respeito ao próximo, seguindo as sagradas Leis de Umbanda, não exerce cobrança financeira de qualquer tipo, por qualquer atendimento ou trabalho realizado, bem com não realiza o sacrifício de qualquer animal, nem utiliza qualquer coisa de origem animal em seus rituais.