QUEM SOMOS

Descrição / Os Membros de "A CENTELHA DIVINA" / A Organização de "A CENTELHA DIVINA" 

 

            A Missão Umbandista "A CENTELHA DIVINA" originou-se da "Fraternidade Espiritualista Caboclo Ubirajara" - FECU, fundada no dia 27 de setembro de 2007. Em 15 de novembro de 2015, contudo, seguindo orientação da Espiritualidade Superior, foi oficializada a implantação da Missão Religiosa Umbandista "A CENTELHA DIVINA", embora esse já fosse um projeto idealizado pelo Plano Astral desde os primeiros anos da década de 80, com a missão de:

 

           * Uniformizar, dinamizar e fortalecer a prática e a doutrina de Umbanda dentro dos núcleos espiritualistas descendentes de nossa linhagem espiritual, preparando-os para enfrentar os desafios da Umbanda perante a sociedade moderna, sem perder as raízes das tradições e mantendo o foco no Discernimento, na Espiritualidade e na prática da Caridade.

 

           * Expandir a prática e o conhecimento da Umbanda, tornando-a ainda mais popular, de forma autossustentável, levando-a a todos os cantos do Brasil de maneira sólida, organizada e próxima aos anseios e necessidades do povo.

 

           Pelo seu caráter missionário, A CENTELHA DIVINA é também uma Missão Religiosa Umbandista. 

 

          Idealização: Caboclo Tangurupará, Caboclo Pena Branca e Caboclo Ubirajara

          Implementação: Cabocla Iracema e Cabocla Janaína

          Colaboração: Ramatis

 

VOLTA AO TOPO

 

 

DESCRIÇÃO

 

          A CENTELHA DIVINA não é um templo e nem uma instituição espiritualista, mas uma organização que congrega templos de uma mesma origem e linhagem espiritual, estabelecendo uma série de normativas que definem a forma de culto umbandista, de realização dos trabalhos, de método de transmissão de conhecimentos e de desenvolvimento mediúnico de seus frequentadores e baseia-se na Doutrina dos Sete Raios, criada a partir da analogia entre a Criação Divina e o espectro visível humano, identificado pelas sete cores do arco-íris.

 

         A CENTELHA é uma missão Umbandista com foco no Universalismo. Seu objetivo não é ser apenas mais uma organização de Umbanda, mas primar pela aplicação constante do trinômio "Espiritualidade, Caridade e Discernimento".

         

          Para que todos os templos filiados à CENTELHA sigam os mesmos procedimentos, diretrizes espirituais, métodos de desenvolvimento mediúnico, trabalhos umbandistas e ensino religioso, sua estrutura espiritual conta com um poder decisório superior (o “Tata de Umbanda”) e com poderes institucionalizados (os “Pais e Mães de Terreiro”) que, embora sigam as diretrizes definidas pelo primeiro, tem autonomia para gerir seus próprios núcleos, sem ferir, contudo, as normativas determinadas para a organização como um todo.

 

         Tal método de trabalho garante a uniformidade de atividades entre os núcleos espiritualisatas congregados e a formação de uma grande família umbandista identificada pelos mesmos traços e ritos.

 

         Tendo esse projeto sido oficializado em 15 de novembro de 2015 - sendo portanto ainda recente e estando em fase de implantação -, atualmente somente o núcleo espiritualista CASA DO CABOCLO UBIRAJARA (antiga Fraternidade Espiritualista Caboclo Ubirajara - FECU) está em atividade, embora, com a orientaçao e auxílio do astral superior, outros três núcleos espiritualistas já estejam sendo preparados para em breve serem inaugurados. Dessa forma, a estrutura administrativa e espiritual de A CENTELHA DIVINA é, atualmente, organizada como na figura abaixo: 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

        Nos templos da CENTELHA são realizados os seguintes trabalhos espirituais, obviamente respeitando as dimensões e possibilidades de cada núcleo:

 

 

      Paralelamente aos trabalhos espirituais, a CENTELHA preocupa-se com o desenvolvimento de atividades de instrução espiritual, como as citadas abaixo:

 

 

          Completando o rol de atividades, a CENTELHA também desenvolve campanhas e ações sociais, como as seguintes:

 

 

          Todas as atividades realizadas na CENTELHA (trabalhos espirituais, cursos, palestras, tratamentos holísticos, campanhas sociais, etc) são desenvolvidas visando o bem-estar do próximo, sem qualquer tipo de cobrança; fazendo a caridade pela caridade.

 

VOLTA AO TOPO

 

 

OS MEMBROS DA CENTELHA DIVINA


Os membros da CENTELHA são classificados em:

 

  1. MEMBROS DE TRABALHO

 

Os Membros de Trabalho são os que estão diretamente envolvidos em trabalhos espirituais realizados na CENTELHA, e são classificados em:

 

  • Médiuns

  • Curimbeiros

  • Cambonos

 

  2.  MEMBROS TAREFEIROS

 

Os Membros Tarefeiros são os membros envolvidos na realização das Correntes de Oração e Renovação.

 

  3.   MEMBROS COLABORADORES

 

Os Membros Colaboradores são todos os membros que colaboram de alguma forma nas atividades da CENTELHA sem, contudo, pertencerem às categorias anteriores.

Ex:

  • Monitores da Escola Espiritualista Infantil

  • Instrutores de Cursos

  • Expositores de Palestras

  • Voluntários de ações sociais

 

 

VOLTA AO TOPO

 

 

A ORGANIZAÇÃO DE "A CENTELHA DIVINA"

 

            Toda a organização da CENTELHA está pautada sobre um conjunto de documentos periodicamente atualizados. Esses documentos determinam todos os procedimentos adotados na missão, os formulários que devem ser utilizados, os informativos, etc. Uma cópia do conjunto documental da CENTELHA permanece na secretaria e pode (e deve) ser vista por todos os membros da missão.

 

VOLTA AO TOPO

 

 
 
 

A CENTELHA DIVINA, por ser uma Missão Umbandista e por ter como referência a prática da caridade, do amor e do respeito ao próximo, seguindo as sagradas Leis de Umbanda, não exerce cobrança financeira de qualquer tipo, por qualquer atendimento ou trabalho realizado, bem com não realiza o sacrifício de qualquer animal, nem utiliza qualquer coisa de origem animal em seus rituais.