• Tata Luis

SE EU ACREDITASSE QUE O DIABO EXISTE


A Umbanda não acredita na existência do Diabo, já que ele é uma criação da mitologia hebraico-cristã. Mas, se eu acreditasse em sua existência, eu acreditaria também que:

1) O Diabo enganará a maioria da população mundial (como está na Bíblia), utilizando as próprias palavras do evangelho, de forma que, se possível, até mesmo os eleitos seriam enganados (está na Bíblia também)!

2) Ao chegar ao final dos tempos, Jesus retornará e levará consigo as 144 mil pessoas (Ap 7:1-8) que se mantiveram na fé em Deus, tendo resistido às enganações do mal!

3) Essas pessoas terão sido discriminadas por sua fé, apedrejadas, as famílias separadas e, em todo grupo de pessoas, elas teriam que ter se ocultado, porque a maioria já teria sido enganada pelo Diabo, e as perseguiria!

4) E quando Jesus voltar, todos aqueles (a maioria mundial) que foram enganados pelo lobo em pele de cordeiro se surpreenderão e clamarão a Jesus: Senhor! Senhor! Mas não terão misericórdia, e irão para o fogo do inferno!

Crendo nisso tudo, eu ficaria assustadíssimo, e tentaria identificar, nas religiões, aquela onde o Diabo pudesse estar escondido, deturpando as palavras amorosas de Jesus e enganando os fiéis.

Talvez fosse pesquisar a Umbanda, e aí eu me depararia com uma religião onde se prega o amor e a caridade, onde o dinheiro não tem valor algum, pois nada é cobrado, e que seus membros são apedrejados e perseguidos e que, segundo o último censo representa parcela minoritária da população.

Não, acho que não se enquadraria na descrição de religião manipulada pelo Diabo... (afinal, para um ser tão astuto, um lobo em pele de cordeiro, seria, no mínimo, burrice tentar dominar o mundo a partir de uma religião minoritária e tão perseguida)...

Sei não, mas acreditando fielmente nas escrituras, talvez fosse mais fácil encontrá-lo em alguma religião que estivesse crescendo exponencialmente, que valorizasse o dinheiro e que usasse as próprias palavras de Jesus para enganar... Teria que ser assim, ou as escrituras estariam erradas...

De fato, a Umbanda não corresponderia a essa imagem, e está longe de ser crença dominante capaz de "enganar até os eleitos".

Se eu acreditasse no Diabo, eu acho que já sei em qual religião ele poderia estar escondido!

Mas como não acredito, vejo em seus líderes apenas espíritos atrasados, que um dia terão lucidez suficiente para entender o significado da palavra AMOR!

E teremos a eternidade toda para isso, pois somos espíritos eternos e em evolução!

Amo vocês!

Amplexos, Tata Luis.

#Umbanda #diabo #demônio #satanás

489 visualizações

A CENTELHA DIVINA, por ser uma Missão Umbandista e por ter como referência a prática da caridade, do amor e do respeito ao próximo, seguindo as sagradas Leis de Umbanda, não exerce cobrança financeira de qualquer tipo, por qualquer atendimento ou trabalho realizado, bem com não realiza o sacrifício de qualquer animal, nem utiliza qualquer coisa de origem animal em seus rituais.